terça-feira, 30 de março de 2010

Top Caos - 10 Coisas Fodas Que o Grant Morrison Escreveu


Quem disse que eu sou original ? Pau no cu de quem não gostar, a partir de agora, quando minha imaginação assim permitir, vou postar uns top's sobre alguns assuntos escrotos, iguais ao de hoje, onde mais uma vez vou pagar pau pra um dos meus autores favoritos. A verdade é que eu ia falar sobre as dez maiores/mais bacanas cópias do Superman, mas aí fiquei numa preguiça fodida de ler alguma coisa sobre o Sentry, e descartei a idéia, por hora.

Dito isso, vamos ao que interessa hoje: as dez hitórias/conceitos/personagens que o Grant Morrison já criou, para o universo dos super-heróis... (os quadrinhos mais alternativos ficam pra próxima)


Liga da Justiça do século 83

10. DC Um MIlhão - Até antes de ler DC Um Milhão, eu considerava o "futuro distante" da Dc uma bela porcaria, nunca consegui engolir todas aquelas cores e viadagens da Legião de Super-Heróis e aquelas loucuras hippies oitentistas misturadas com raças alienígenas e uniformes criadas lá na Era de Prata. MAS, eis que surge DC Um Milhão, onde os nosso mais clássicos super-heróis encontram-se cara a cara com versões mega furisticas (mais precisamente, do século 83) de si mesmos. Não é o mais fantástico dos trabalhos do escocês careca, mas só o modo do cara lidar com elementos tão afastados de sua "zona de conforto" já mostra quão boa é capacidade de abstração dele (sei lá se deu pra entender essa frase). Se não estou enganado, é aqui que ele introduz alguns dos elementos mais interessantes que seriam mostrados com mais detalhes em Superman All Star, como a Tropa Superman, e o vião Solaris, o sol tirano.


Cassandra Nova... imaginem o Xavier, de TPM...


09. A Fase Nos X-Men - Esse foi um dos poucos trabalhos que o cara fez pra Marvel e serviu pra injetar um pouco de criatividade nos tão apagados X-Men. Como é de praxe o desgraçado entrou de sola e criou a vilã Cassandra Nova, a gêmea maligna que Xavier estragulou ainda no útero, e a viagem seguiu quando Cassandra revelou que ela e Xavier não são mutantes, eles são o próximo passo na cadeia evolutiva da raça. Foda também foi a nova caracterização, tanto dos X-Men (que usavam couro ao invés dos uniformes), quanto da escola, que tinha tipos bem bizarros perambulando pelos corredores (engraçado como os outros roteristas esqueceram do fato de que nem todo mutante é bonitinho como o Ciclope; caramba, um mutante nem precisa ter poderes úteis, ele só precisa ser estranho!!). No final da sua estadia no título, Morrison dá uma despirocada e viajam mil anos no futuro, para mostra como será o mundo naquela época... Muita gente não curtiu, pau no cu deles.


Prometeus, Nemesis de verdade.


08. Prometeus - Cara, a primeira vez que esse personagem apareceu, foi muito foda, ele foi uma das poucas coisas bacanas que o Morrison fez quando tava tocando o título da Liga da Justiça, lá pelos idos de 1997. Prometeus é uma espécie de "anti-Batman", um cara criado por um casal de psicopatas tipo Mickey e Mallory Knox (do Assassinos por Natureza), que viu sua família ser assassinada por policiais, e desde então dedicou sua vida a acabar com todas as instituições de lei e ordem, e nada representa melhor esse "sistema" que a LJA. O quebra-pau entre ele e a Liga é memorável, e no fim, não fosse pelo Batman, o tal Prometeus teria vencido a Liga toda. Além de uma origem legal e ser fodão, o uniforme do vilão é muito foda. Ponto pro Morrison, que cria coisas bacanas mesmo numa "má fase".


Super Young Team fazendo o que sabem de melhor: aparecer.


07. Heróis Fora do Eixo - Mesmo os "não iniciados" no mundo dos quadrinhos se questionam (e as vezes ME questionam): POR QUE TODOS SUPER-HERÓIS SÃO AMERICANOS ? E em geral, os que não são americanos, tem poderes "temáticos" (pra não dozer racistas e/ou clichês), como os russos Sovietes Supremos (porra, a Rússia nem vive mais em um regime comunista!! porque manter o nome "soviete" ??); o africano Fera B'wana (africano com poders animais); a brasileira Fogo e et caetera... Pois, Grant Morrison nunca gostou muito disso, e já na época da Patrulha do Destino, mostrava como criar um personagem que tinha a ver com o país onde atuava, sem soar de forma racista. Durante 52 surgiu o grupo "Dez Grandiosos", que protegiam a China de ameaças alienígenas e tomava uma postura rígida diante das "invasões" americanas (incursões de super-heróis e vilões)  ao território do país. Outra criaão "fora do eixo" do autor, foi bizarra versão clubber/adolescente da LJA, os japoneses Super Young Team, liderados pelo incrívelmente foda Superbat. Eu não sei como é o cotidiano daqueles japinhas malucos que a gente vê no Globo Reporter  ou nos vídeos pornôs (olha as minhas fontes de cultura, que foda), mas imagino que é bem como mostra o Morrison, um mundo meio niilista com poucos traços das tradições do país e com um nível de niilismo e consumismo estratosférico. Parafraseando Superbat: "ser legal já é um superpoder".

Se você tiver visão 3D, a revista faz mais sentido. 

06. Bizarrices da Crise Final - Muita gente ficou cagando sangue, de tão revoltados que ficaram com o que o Morrison fez enquanto escrevia o megaevento "Crise Final". Houveram alguns "problemas" mesmo, como, o Batman morrendo duas vezes (e no final, não morrendo nenhuma) personagens que parecem estar em dois lugares diferentes ao mesmo tempo e outros "erros"... MAS a verdade (ou o que eu tomo como verdade) é que o cara sabe exatamente o que tá fazendo, ele já demonstrou saber usar muito bem esse tipo de coisa; contar uma história aos pedaços interligando-as quando a gente menos espera. Talvez eu esteja cego perante aos erros do desgraçado, por que sou uma putinha fanática (assumida) dele... Mas não adianta, in Morrison i'm trust. Uma coisa que até eu vi com maus olhos de início, foi o fato do Batman usar uma arma, para matar o Darkseid. "Porra, o Batman vez um voto de NUNCA usar armas, e de nunca matar, e de repente o cara manda tudo isso pro alto ?". Foi o que muita gente pensou, foi o que eu pensei, mas lendo a mini-série, vi como tudo fazia sentido, Batman nunca matou por que como ele mesmo dizia "sempre há outra alternativa", mas desta vez, bom, desta vez não tinha outra alternativa, ou ele botava a mão num berro e metia uma bala na testa do Darkseid, ou o mundo todo ia pra bosta. Não havia escolha dessa vez, achei isso muito interessante, só o Morrison pra ter culhões e sensibilidade de fazer o Batman matar alguém e isso ter sentido na história. De resto, como o Superman usando um exoesqueleto milenar pra combater Mandrakk o monitor vampiro; a revista em 4D e coisas do tipo... Acho que o pessoal estranhou só por que eram muitos conceitos novos arremessados de uma só vez. Crise Final é infinitamente superior a qualquer outra "grande saga" da DC (só excluindo a Crise Original), e com o tempo, as "pontas soltas" serão amarradas e a história vai ficar ainda mais interessante.

Além de mais sinistro, o Coringa tá mais alto...


05. Coringa - Com a popularização das adaptaões de quadrinhos para o cinema, começou a rolar uma PUTARIA, onde, editores paus no cu como o Joe Quesada e o Dan DiDio achavam que "aproximando" a versão dos quadrinhos com a versão cinematográfica do personagem, as vendas aumentariam e tudo seria belo. Claro, que isso vez muita merda com alguns personagens (o Aranha que o diga), mas, há sempre uma exceção à regra, e essa exceção foi o Coringa do Morrison. No arco Batman R.I.P, os leitores se deparam com um Coringa completamente psicótico (mesmo pro padrão dele), o palhaço do crime fica tão fora da casinha, que nem o Batman entende. Num dado momento, o Coringa corta a própria boca, ficando parecido pra caramba o Coringa do Heath Ledger; conclusão: óbviamente foi mais uma dessas manobras duvidosas de "aproximação" da realidade dos quadrinhos com a do cinema; com um único e importante diferencial, dessa vez a mudança tinha sentido na trama. Utilizando o conceito das múltiplas personalidades flutuantes do Coringa, que ele criou quando escreveu Asilo Arkham; assim sendo, se assumiu que uma das múltiplas personalidades do Coringa era tão, mas tão badass que consumiu todas outras, e no final sobrou só esse "Coringa do mal". Claro que não alimento a ilusão que os outros roteristas vão respeitar isso, mas, enquanto durar vai ser bacana.




04. Asilo Arkham - fazer uma história do Batman, qualquer um faz; Mas, fazer uma história desenhada pelo sempre hype Dave McKean, e que sirva como uma metáfora sobre as psicoses e neuras que todos guardamos em nossa mente ? Bom, aí o trampo é pro Morrison.. E, o do caralho é que qualquer um pode ler buscando qualquer um das interpretações, que vai se divertir muito com a revista. Cara, nem tem muito o que dizer, na boa, tá entre as grandes histórias do Batman, junto A Piada Mortal e Cavaleiro das Trevas.

Na capa, a Irmandade Dada.

03. Patrulha do Destino - Esse grupo sempre teve o estima de ser bostão, acho que nada se salva com exceção da fase do Morrison, que ele vou o status dos personagens para muito além de "X-Mens" da DC. A Patrulha, era chefiada por um cadeirante sabe-tudo, os integrantes eram párias que a sociedade temia e/ou odiava, e se não me engano, eles chegaram até a treinar numa "sala do perigo" também. Mas então veio o escocês e mudou tudo, introduziu conceitos religiosos, filosóficos, literários e ocultistas; trouxe a "Irmandade Dada", um grupo de vilões que desconstruiam o próprio conceito "vilania". Lendo a Patrulha você tem seu cérebro bombardeado com teorias e personagens fantásticos a todo momento, como os homens-tesoura ("aqui inexiste dragonete") e "A Pintura que Engolia Paris". Não só o nível das histórias se elevou, eu considero a Patrulha como um tipo totalmente novo de quadrinhos, sem carga o suficiente pra formar um g~enero, mas ao menos um estilo muito interessante, que nunca mais foi tão bem explorado, nem pelo Morrison nem por mais ninguém.



02. Superman All Star - Eu vejo essa série como um soco na cara de quem diz que o Superman não é um personagem interessante, seja por ter poderes exagerados ou por sua ética "quadrada" Morrison usou elementos do personagem que estavam esquecidos há anos, trouxe de volta Dirk Armstrong (fanfarrão do Planeta Diário, que odeia o Clark); deu uma visão muito interessante ao conflito do Super, em contar o não pra Losi que ele também era Clark Kent; deu relevância e pôs Jimmy Olsen no status do qual ele jamais deveria ter saído: o de reporter teenage que só investiga bizarrices e se mete em tretas. Além do resgate dos conceitos clássicos, o autor ainda de uma bela inovada na origem do Bizarro, não tratou Lois como uma retardada prepotente,  e enfodeceu a personalidade do Luthor também; além de utilizar conceitos que ele préviamente havia criado durante DC Um Milhão e o período que escreveu a LJA.

Homem-Animal e o próprio Grant Morrison, trocando uma idéia...

01. Homem Animal - Como já disse várias vezes, foi lendo o arco que o Morrison escreveu pro até então abobalhado Buddy Baker, que eu fui apresentado ao que havia de mais fantástico, e por que não dizer "transcendente" no mundo das histórias em quadrinhos; foi através dessa saga que eu realmente peguei o caminho (sem volta) para me tornar um fanboy. É tudo muito foda, , o Homem-Animal usa peiote no deserto,  entra numa jornada pelo Limbo, e encontra vários personagens esquecidos (por isso estão lá), descobre que Deus é um macaco (que morreu), enxerga o rosto do leitor, e no final, no ápice da metalinguagem, tem um conversa reveladora com O PRÓPRIO Grant Morrison. Na minha humilde opinião, essa é uma obra, que, se não é mais importante, é ao menos muito mais criativa e interessante que Batman - Cavaleiro das trevas ou mesmo Watchmen.

A qualquer hora, pode aparecer outro Top... Mas pode ser que não... Ou, que sabe ?

sexta-feira, 26 de março de 2010

Notícias Inúteis, Comentários Irrelevantes (#09)

Nada realmente foda essa seman, né ? Mas, o show não pode parar...

Straczynski pra Toda Obra -> Pois é, o gordinho tá cheio de idéias pra editora do DiDio, além de escrever pra Superman e Mulher-Maravilha (então Morrison caiu fora?), vai rolar essa graphic novel chamada "Samaritan X", que vai mostrar as tretas diárias de um hospital para meta-humanos em Gotham City. O autor prometeu um climão tipo Gotham City Contra o Crime, que era uma série MUITO FODA. Se a graphic for bem aceita tem chance de virar mensal; mas pra que ? A gente sabe que no fim das contas vai ser cancelada também... o povo quer é Deadpoll, Wolverine e Homi-Arãnha!!

Novo Console da Nintendo -> Vejam só, a Nintendo anunciou que vai lançar no mercado um portatil chamado 3DS, acho que vocês podem imaginar perfeitamente do que se trata. Siiim, o 3DS, é um Nintendo DS com tecnologia 3D, os japas vão usar uma tal de tecnologia sharp pro jogador não precisar de óculos ou qualquer outra firulagem pra ver os gráficos. Dou uma dica dos próximos produtos que podem vir com tecnologia 3D: camisinhas, cafeteiras, brincos... Mas, é, quando ver até fica interessante, ma como não sou rico, nem japa, CAGUEI muito pra isso.

O Círculo Se Fecha -> Essa é realemente sem explicação, primeiro, os caras comemoram que a linha Red Circle da DC tava vendendo bem e cogitavam a possibilidade de trazer novos títulos, agora, sem choro nem vela, as revistas da linha vão ser canceladas. A Red Circle trazia os personagens comprados da Archie Comics, tipo, The Shield (o VERDADEIRO Capitão América), Hangman, The Web e acho que um malaco chamado The Torch, ou algo assim... Não li os scans de nada disso ainda, e muito provavelmente quem quiser conhecer vai ter que ser na base do scan mesmo, duvido que seja publicado aqui no Brasil. Um pena, parecia legal.  

Notícias de Oa -> Essa semana rolou mais duas notícias relevantes sobre o filme do Lanterna Verde... A primeira nem é uma notícia de verdade, é só um imagem do logo dos lanternas. Que bobagem do cacete, hein ? Além de parecer uma merda de bijuteria vagabunda, eu não consigo entender onde essa porcaria vai aparecer. Na roupa dos lanternas é certo que não, e pra bateria, muito menos; por que, eles podem até forçar a barra e dizer que a parte exterior dela é feita dessa pedra esquisita, mas, caralho, a parte de dentro é energia pura, não uma esmeralda gigante! Sei lá, só sei que ficou tosco.


E a segunda notícia com relação ao filme, me deixou ainda mais puto; Angela Basset (não sei quem é) foi chamada pra interpretar a negona fuderosa Amanda Waller... Porra!! Esses casras tem merda na cabeça ?? A Amanda não tem corpo de modelo!! Ela é uma baixinha gorda com peito caido!! PARABÉNS CAMPEÕES!! Pra piorar, a atriz com nome de raça de cachorro disse que ela pode vir a repetir o papel em outros filmes. Hunm, deixe-me ver, onde eu vi isso ? Um militaraparecendo em vários filmes, reunindo heróis...  Ah sim, o Nick Fury nos filmes da Marvel!! ¬¬ tomarnucu... Certo que isso é uma tentativa (burra) de dar suporte pra um futuro filme da Liga, mas o foda é que o Nolan não quer isso de jeito nenhum, e pode acabar dando um ataque de putice por causa disso, aí o mundo fica, não só sem um Batman 3, mas também sem um filme decente do Superman. Por que a porra do executivos ao menos não esperam até o Nolan sair pra cagar tudo de vez ?

Como diabos ISSO, se transforma...

NISSO... Nem Dr. Hollywood conseguiria!!

Gaurdiões Globais, De Verdade -> Agora, se mais Obama ou viagens do tipo, Robert Kirkman começou a divulgar os verdadeiro mebros da Liga da Justiça da Image...

"Eu tenho sido um super-herói a um século, e o Banned não entendeu o resto da frase."

"É mano, eles voltam pra mim, mas antes eles te arrebenta."

"A velocida está em todos os aspectos da minha vida, só espero fazer a diferença mesmo depois que eu me quiemar"

"Pareça fodão, pareça fodão. Não posso deixar que descubram a merda que eu fiz."

"Já fui uma mané por muito tempo, agora é minha vez de estar numa revista mensal"

Desse grupo aí, eu só conheço o Brit e o Bulletproof, mesmo assim, só por cima mesmo. Bem loco o resto do grupo, uma Flash da vida, um pé-grande e um aborígene ? Bom, in Kirkman we trust!! Foda é ver um monte de gente metendo o pau nos personagens do cara, dizendo que são clichês e coisa e tal... Caras, todo esse universo de super-heróis do Kirkman é baseado em clichês!!

Capitão América, FINALMENTE -> Toda aquela putaria, pra no final escolherem o Tocha Humana ? Ora, faça-me o favor!! O loirinho padrão Chris Evans foi oficializado no início da semana, como portador do manto estrelado. Nerds do mundo todo entraram em polvorosa acusando o cara de ser um ator de merda, por já ter interpretado um herói recentemente. Ah, é, como se alguém além de nós, desocupados, soubesse que é Chris Evasn, porra, quando muito o público sabe o nome do personagem principal!! Se ele é bom ator ou não, não sei, fui esperto e passei longe dos filmes do Quarteto.

Troféu "Who Cares" -> Aquele desenho terrível do Marmaduke vai ganhar uma não menos bisonha versão cinematográfica... RUN TO THE HILL'S!!

Vocês Sabem, as Continuações e Tudo Mais... -> Quer saber um reboot que me pegou desprevinido ? Pequenos Espiões 4! Sim, eu sei, se chama Pequenos Espiões 4, como se fosse uma continuação, mas o próprio Robert Rodruiguez foi que disse. Óbvio que não sou um fã dessa franquia, mas, até que para um filme infantil, ele não é de todo irritante, não tem como protagonistas uma Dakota Fanning da vida ou outra "criança prodígio" pé no saco. Pra falar a verdade, eu até gosto quando acordo de ressaca num domingo e tá passando Pequenos Espiões (um) na Temperatura Máxima.

O diretor de The Hangover (Se Beber Não Case) mandou avisar que a sequência  não se passar, nem na Tailândia nem no México e que a idéia é mostrar os personagens num outro contexto. Dã, sério ? Dessa parte a gente já sabia, agora, fazer com que isso seja engraçado, aí é outra história. O primeiro filme foi muito, muito bacana, então tô dando um voto de confiança pra essa continuação.

Os incrívelmente criativos executivos da Paramount querem que Reuben Flaischer, o diretor de Zombieland dirija Missão Impossível 4, mas é mais provável que o cara cague pra eles... Eu faria o mesmo!! Mesmo com a produção do J.J. Abrams, a franquia é muito bosta, e o personagem principal também é um bosta interpretado pelo bosta do Tom Cruise... Tá loco, vai dirigir o filme do mario que ganha mais.

Corram Nemesis Chegou!!

Tá aí, então!! Mais um belo trabalho do pessoal do GibiHq...



Do mestre falastrão Mark Millar, o "Batman com neuras de Coringa", Nemesis, tocando o foda-se no mundo civilizado.

Nemesis é um milionário psicótico que escolhe um policial famoso de alguma região, e se empenha em não só matar o fulano, mas tambémem  acabar com sua fama (e levar metade da cidade junto). Agora, ele está atrás de Blake Morrow, o policial modelo dos EUA.

Millar definitivamente se cansou dos tons realistas com que trabalhou em Kick-Ass, essa é uma história totalmente blockbuster, com pessoas fazendo coisas impossíveis a cada página, e tiroteios, explosões e frases de impacto.

Não tem mais mais nada pra ser dito, o negócio é clicar AQUI, baixar a hq e esperar anciosamente a  próxima edição...

quarta-feira, 24 de março de 2010

Banned contra 3D - O Retorno (ou James Cameron lê o NC)

Vejam só!! Quando eu digo que os editores/executivos da Marvel e da DC leem o NC, ninguém me leva sério... Pois bem!! Então como explicar o reboliço e as cuonversinhas do James Cameron e Michael Bay (entre outros) no mesmo dia que eu dei minha opinião com relação a essa nova modinha ?

Sim, eu sei que é só uma grande coincidência... Mas me deixem fantasiar em paz!!


Falando (um pouco mais) sério agora, Micheal Bay se pronunciou, dizendo que tá puto com essa história de "costurarem" uam cena 3D num filme que já tava pronto, só pra dizerem que é 3D e fazer mais babacas irem ver seus filmes. O cara também falou que essa tecnologia é bem mais cara que o estúdios gostariam de admitir.

Óbvio que o Sr. 3D, James Cameron, também tinha que dar pitaco na discussão, e ele veio com uma lenga-lenga de que quem deveria decidir se o filme seria em três dimensões ou não, era o direto e não os produtores e blá,blá,blá...

Porra, hein ? Tá foda isso, faz uns meses que começou essa loucura dos filmes em 3D, e parece que tá bem longe de acabar; mas apesar disso, ainda não temos um número tããão grandes desses files já prontos, por isso cenário é prato cheio pra qualquer produtor safado pegar "Dia dos Namorados Macabro" ou outro filme mambembe, taca umas cenas bestas e tirar uma baita grana em cima... E essa é uma das rusgas do Cameron, ele disse que esse tipo de atitude tira a credibilidade e afasta alguns diretores da modinha.

Minha opinião continua a mesma de hoje de manhã (parabéns pra mim), 3D é só uma curiosidade, um artefato pra filmes de ação mais bobos e animações tipo as da Pixar; o meu preconceito é tanto que tenho certeza que não gostaria tanto do terceiro filme do Batman se ele fosse filmado em 3D, ia me parecer um atestado de incompetência por parte dos roteristas... Mas vocês já entenderam isso.

Tava pensandp aqui comigo, o Avatar é um filme tão bostão que, mesmo na única coisa "nova" dele, que seria o 3D, é só uma versão modernosa dos tambolhos que o pessoal usava nos anos 50... Depois dessa, me retiro pra acabar de ler a Origem Secreta do Lanterna Verde (o filme do Lanterna vai adivinhem como ??).

terça-feira, 23 de março de 2010

Last Call, Banned Contra o 3D e Nada Realmente Importante

Ontem, comentando com um amigo, sobre os rumos da indústria cinematográfica mundial, atual e futura (ui) e suas novas invencionices, como 3D e outras saidas mais apelativas, lembre desse vídeo que eu vi no blog do sapao318.


Pessoalmente não sou um cara muito entusiasta do 3D, admito que tenho uma certa curiosidade, já que nesse fim de mundo não existe tal coisa, mas, sou meio preconceituoso, acho que esse tipo de efeito extra só serve pra prender a atenção de quem vê filmes blockbusters ruins e dar sustinhos na criançada que for lá ver o filme infantil do momento. O que me passa é que a indústria ainda tá usando o 3D muito como uma ferramenta anti-parataria, mas poucos incluem o 3D em cenas que fazem sentido na trama do filme... Mas, posso estar errado também (é o mais provável).

Mas o que diabos tem a ver com a porra do vídeo ali de cima ? O caso é que, mesmo olhando torto pro 3D, achei bem divertida essa coisa aí de "filme interativo", me pareceu um programa perfeito pra uma saída com a Sra.Banned num sábado de noite. Meu único medo é que algum maluco passe a levar a sério a idéia de se produzir "filmes" nesse formato, á torto e a direito. Digo "filmes" com as aspas por que, a coisa toda é bem mais uma aventura-solo filmada do que cinema propriamente dito... Ou isso seria o cinema do futuro, e eu só tô falando merda aqui por que sou retrógrado e tomei muito café ? 

Pois bem, fica a dúvida... Mas digo e repito: Não consigo levar a sério filmes com 3D.

sábado, 20 de março de 2010

Notícias Inúteis, Comentários Irrelevantes (#08)

Só pra variar, eu selecionei uma montanha de notícias, mas provavelmente não vá ter tempo de falar nem de metade delas...

Norton VS Hulk -> Desde que acabaram as filmagens do último filme do Hulk o pobre Ed não teve sossego... Não impota onde o cara vá, sempre tem um jonalista pra perguntar se ele vai repetir o papel de Dr. Jekyll e Mr. Hyde. Até então ele só dava aquelas declarações vazias e vagas, mas recentemente o eterno "Põe a boca na guia!!", disse que só não tinha aceitado nada até agora, por que tinha treta com um cara dos estúdios, mas agora que o tal fulano vazou, ele pode até pensar no assunto. Achei fraco esse segundo-filme-reboot do verdão, mas é bem melhor que aquele lixo do Ang Lee, e o Norton é bem mais foda como Banner que o Eric Bana (Eric Banana, como chama Sra.Banned). Droga, não achei um vídeo com a cena foda do"A Outra História Americana"...

Coração de Viking Valente -> Mel Gibson disse que vai fazer um épico sobre vikings e que esse pode ser o último filme carreira dele (como dietor), por que é um filme que ele tem na cabeça desde que era um pivete interpretando Mad Max lá na empoeirada Austrália. Não se revelou nada do roteiro. Se for mesmo o último filme da cerreira do Rig's, vai ser uma pena, por que, mesmo não tendo dirigido nada basolutamente foda, desde Coração Valente, os filmes dele se mantém num nível bem bacana. Mas o meu sonho mesmo é ver ele voltando pra fazer um último e foderoso Mad Max.

Capitão América Que Me Chupe -> Tá foda, agora passou do limite da viadagem... Acho que faz umas 3 semanas que eu venho postando sobre as frescuras da Marvel pra escolher o ator que vai interpretar o Bandeiroso, e a treta parece que ainda vai demorar pra se resolver, porque entrou mais um no páreo: Ryan Phillipe (de A Conquista da Honra, e Caos). Vamos recaptular os outros candidatos: Mike Vogel (Cloverfield); Garret Hedlund (Tróia e outras bombas); Wilson Bethel (não sei daonde saiu esse); e Chris Evans (Push ¬¬)... Podia ser pior, podiam estar realmente cogitando a possibilidade de por um Jonas Brother no filme... Não que faça muita diferença; esses caras aí também não são o que eu imaginava pro Caps, são todos galãs cara de bunda, ninguém passa respeito.

Mais Um  no Anel ? -> As filmagens começaram agora, dia 17, e surgiu umas novidades, tipo, esse tal de Nick Jones dizendo que fazer uma ponta no filme... Como o cara é negro, e o lanterna verde John Stewart também, todo mundo já ficou fazendo teorias e suposições (eu também), sobre como e quando o personagem o seria introduzido. Acho quase certo que ele interprete o Stewart, o tipo físico dos dois é bem parecido, e o personagem fez bastante sucesso no desenho antigo da Liga. Segue aí a foto dos dois caras juntos e também o conceitual de um  lanterna malvadeza (me lembrou o Ke'Haan, mas ele tinha chifres) e um smurff com hidrocefalite... ah não, é um Guardião de Oa!!



Capuz Vermelho Pop Star -> Pois é, o ex-Robin, e atual personagem babaca com temperamento do Wolverine, Jason Todd, não só vai ganhar aquela animação da DCE só pra ele, como ainda vai levar, de brinde, uma mini escrita pelo responsável por sua volta ao mundo dos vivos: Judd Winick. "The Lost Days" vai mostrar o malandro convivendo com Lock, Sayd e... Não, brincadeira, a mini-série vai mostrar os primeiros dias pós-ressurreição. O Winnick até escreve bem, mas ter trazido esse personagem de volta à vida foi muito desnecessário... De qualquer forma vou ler quando rolar o scan.

Batman do Futuro no Passado do Presente -> Mais um que vai ganhar mini-série, o Batman do Futuro vai passar um tempo entre os heróis do nosso tempo, pra investigar um misterioso assassinato e blá,blá,blá. Esse personagem foi bem famosinho na época do desenho, lembro até que queriam fazer um filme dele, com o Bad Pitt como Terry McGuiness. Mais uma que vou ler quando traduzirem.

o guri malhou um bocado de 2000 pra cá, hein ?

Homi-Arãnha nu Videogage -> Depois do tal "Spider-Man: Web of Shadows", o novo jogo estrelado pelo cabeça-de-teia é "Spider-Man: Shattered Dimensions". Eu tenho trauma dos jogos do Aranha desde Total Carnage, pra supernintendo, os comandos era uma bosta e os personagens eram muito mal desenhados (o Venom era o pior). Não joguei o Web of Shadows, um dia desses até me arrisco, mas pelo que vi, a jogabilidade é tipo Prototype, só que com uma história digna dos anos 90.

Medal of Honor Modernwarfare -> Sei que fiz a piadinha do plágio desgraçado do Medal of Honor em cima do Call of Dutty semana passada, mas curte aí o vídeo e vê se eu não tenho razão!! A estrutura do jogo parece idêntica, até nas fases!! Mas, aposto que esse jogo vai ser ainda mais bacana, por que parece menos reto e com mais detalhezinhos... Alguém aí se propõe e me dar um PC que rode o jogo ?



Image também tem Teaser! -> Essa semana eu ri pra caramba com a nova piada do Robert Kirkman (mandante da Image e escritor fodão). O cara tirou uma onda com os teasers de membros dos Vingadores: pegou um monte de personagem da editora dele, que vendem pra caramba mas que não fazem o menor sentido estarem na mesma revista e fez os teaser sacanas... E claro, teve nerd idiota que não entendeu apiada e venho com o velho dicurso de que a Image só plagia e mi,mi,mi... Acordem suas putinhas ramelentas, os anos 90 acabaram a Image não é mais o que era antes.

Invencível - "eu nunca fui de trabalhar em equipe"

Spawn - "só estou aqui porque Todd perdeu uma aposta" 

Rick de Walkin Dead - "não tem explicação eu estar aqui, mas vai fazer vender mais" 

Obama - "eu não sou mais tão popular, quanto tá custando a Amazing Spider-man 583, no e-bay ?"

UHAUAHAUAHAUAHA! Essa última foi a mais foda, por que é bem verdade que o Obama apareceu em praticamente todas as revistas do mercado americano, logo quando ele se elegeu... Foi uma puta babaquice aquilo...

Troféu "Who Cares ?" -> Kristen Stewart (a Bela, de Crepúsculo e derivados), e a criadora dos livros da franquia Stephenie Meyer vão ganhar biografia em quadrinhos... Huahauhauahaah... Certo que logo aparece uma pro Robert Pattynson também... esse o público gay vai conferir ao menos... Ah, vejam só, a edição que fala da velha Meyer já tá confirmada pra sair no Brasil... Como diziam os comercias de brinquedos dos anos 90: Peça já pra mamãe e pro papai!!

Mais do Mesmo, Mais Uma Vez -> Vejam só meus amores, mesmo uma franquia antiga como "Loucademia de Polícia" ainda tem seus fãs ardorosos; rolou um boato de que não ia ter nenhum personagem clássico na "nova encarnação", mas aí, os fãs chiaram tanto que os executivos vieram a público dizendo que já tinham confirmado com alguns atores para repetirem seus papéis; Steve Guttenberg (Mahoney), Bubba Smith (Higthtower, o negão gigante), Michael Winsdow (Jones, o negão que fazia vários barulhos doidos com a boca, esse personagem ero o mais legal!!), G.W. Bayley (Harris, o baixinho pau no cu), Geoge Gaynes (Lassard, o velho comandante que só fazia cagada, mas sempre se dava bem). Pô, com essa daí meu saudosismo atingiu proporções cósmicas!! Fiquei com vontade de ver esse filme.

Tim Burton, o homem que só faz filmes iguais (e todo mundo adora) vai dirigir o remake 3D (CLARO) da Família Addam's, a treta vai ser um animação e aposto um dedo como o namorado dele, Jhonny Depp e a Helena Bonham Carter vão fazer alguma voz do elenco (Gomes e Mortícia, provavelmente). Não é que o Burton não faça bem o que ele se propõe... Mas me irrita muito esse hype em cima dele... Lembrem-se do Batman que ele fez!!

Depois do "ótemo" Premonição 4, vem aí, Premonição 5!! Esses filhos de uma vaca tem mesmo muito dinheiro pra gastar, hein ? Será que vai ser 3D ?

A Warner prometeu que com o fim da franquia do Harry Potter, vai colocar os heróis da DC como prioridade e vai mandar direto um filme por ano!! 2011 tem o Lanterna Verde, e se tudo correr bem 2012 vai ser o ano pro Batman e o Flash... muito bom, isso, gostei mesmo, mas a pergunta é: E O FILME DA LIGA DA JUSTIÇA SEU BANDO DE CABAÇO ??


Tá bom de bobagem já, né ? O resto fica pra semana que vem...

PS: tva aqui de bobeira e então arrumeir uns erros de digitação e umas falhas bizonhas tipo, dizer que o Kirkman manda em alguma coisa na DC, mas na verdade o cara tem cargo é na Image ¬¬

quinta-feira, 18 de março de 2010

La Casa Brown, Psicopatia Old School

 chupando meu drop's, como sempre vadiando lá no blog do meu cumpadi Sapão, quando me deparo com esse curta... Assistam aí, é rapidinho.





Então, eu achei bem divertido só pelo fato de não ter nenhuma idéia mirabolante na coisa toda, é só um simples filme de família psicopata feliz. interessante que ao mesmo tempo que não tem nenhuma frescura, o filme também não é reto de mais, por exempol, achei muito foda aquela cena da facada na cabeça e toda a correria, ficou, caleidoscópicamente psicótico.


Ae pessoal da Sony, da Warner, eu sei que vocês tão lendo isso!! Chamem esse roteirista doentio pra fazer um filme de terror com culhões... Sr.Banned agradece.

terça-feira, 16 de março de 2010

Contagem Regressiva Para a Crise Final (ou O Motivo Pelo Qual as HQ's Vão Falir)

Faz uns meses que comecei a ler toda cronologia de "Contagem Regressiva Para a Crise Final", que compreende, não só as 52 edições da revista safada de mesmo nome, mas também mais outras absurdas CENTO E VINTE EDIÇÕES. Já começa por aí... São CENTO E SETENTA E DUAS EDIÇÕES, que eu só li por dois motivos: 1) eu sou idiota, 2) eu tenho bastante tempo sobrando.

Como caralhos os editores da DC querem que alguém deixe de comprar um mangá do Naruto, pra comprar um porra de uma revista confusa, que precisa de mais outras CENTO E SETENTA E UMA EDIÇÕES para ser compreendida ? Não dá, né ?

Que fique claro, eu sou um fanboy xiita, se pudesse passava a vida toda lendo quadrinhos, o fato de serem CENTO E SETENTA E DUAS EDIÇÕES, não é o verdadeiro problema, o problema é que são CENTO E SETENTA E DUAS EDIÇÕES de histórias ruins e mal desenhadas que compõem uma megaevento ainda pior e mais mal desenhado, confuso e idiota pra cacete...

Então, depois de ler essa porrada de coisas, resolvi falar rapidinho sobre algumas das mini-séries que compõem esse patético mosaíco de bizarrices, que é chamado "Contagem Regressiva"...

"Contagem Regressiva Para a Crise Final"


Essa revista já começou errada, ela foi uma invencionice do desgraçado do Dan DiDio pra ocupar o lugar de "revista semanal" deixada por "52", que vendeu bem. 52 foi uma das coisas mais bacanas que a DC já publicou, isso por que era um mistura foda de histórias escritas por Mark Waid, Grant Morrison, Greg Rucka e o onipresente Geoff Johns, um grupinho beeem respeitável de escritores. Como DiDio é um sacana fodido e precisava de um nome "de peso" pra essas 52 semanas de porcarias que pretendia lançar, chamou o  competentíssimo Paul Dini, mandou ele rabiscar o rumo da série e o colocou como "head writer", e depois contratou algum escritor vagabundo pra "executar" a trama. Então, no final temos algumas idéias bacanas sendo executadas de formas babacas.

Porra, tentaram dar uma força pro Jimmy Olsen e dar algum peso pro personagem, mas no final virou só mais uma coisa ridícula que aconteceu na vida do guri. Porra Jimmy, comer uma alien-inseto roxa ? Fica na punheta então cara...

 Harley Quinzel, a antiga Arlequina, parceira de crimes do Coringa, juntamente com Holly Robinson, que foi Mulher Gato por um tempo (que belo elenco de perdedoras), ficam às voltas com a misteriosa Athena, que pretende restaurar as a nação das amazonas, recrutando mulheres desabrigadas e necessitadas (as amazonas originas sumira no final do "Ataque das Amazonas"). os mistérios vão ficando mais misteriosos e o trinamento das novas amazonas beira à tortura, mas como seres humanos são idiotas, as únicas pessoas que desconfiam de algo são Quinzel e Robinson... Que no final das contas só aparecem pra encher página e esmurrar capangas.

Kyle Rayner, Donna Troy, Jason Todd e o vigia que eles chamavam de Bob, vão de um lado pro outro do multiverso tentando encontrar Ray Palmer, o Eléktron, (desaparecido desde os eventos da Crise de Identidade, eu acho). Eu tava bem empolgado pra ler essa mini, já que eu adoro viagens em realidades alternativas, mas, como todo o resto, essa parte da história foi bem decepcionante. A edição no universo onde o batman virou vampiro (eles tiraram isso da mini-série Chuva Rubra) é absurdamente mal desenhada, e o colorista só piora tudo, usando aquele monte de tons de vermelho, pra por o leitor "no clima".

O mais perto de algo divertido que a revista consegue chegar, é nas partes com o Trapaceiro e o Flautista, dois clássicos vilões do Flash, que SE FODEM do início ao fim da série. Sério, acho que em cada uma das 51 edições, tem algum momento em que os dois se dão mal.

OK... agora, meu computador tá me deixando completamente puto da cara, por que tá travando de mais, então eu posto sobre os tie-ins da Contagem Regressiva outra hora... 

PS: Quer saber ? Eu não vou falar de tie-in nem porra nenhuma, já me basta ter que ler tudo isso; comentar vai ser como jogar sal na ferida.

Sweet Tooth - Livro Um


este é o Gus, ele gosta de chocolate...

Estamos mais uma vez em um futuro pós-apocaliptico, como sempre. A humanidade foi drasticamentre reduzida após uma misteriosa epidemia, que matava lentamente os infectados. E, por algum motivo, óbviamente relacionado a praga, começaram a nascer crianças híbridas, com características de animais. Gus é uma dessas crianças, e por isso ele e seu pai vivem isolados do resto do mundo (não que tenha sobrado muito para se ver). Com a súbita morte do velho, Gus parte em uma jornada com seu novo amigo, Mr.Jepperd, rumo à "Reserva", um lugar onde os híbridos podem viver em paz.

Sweet Tooth é uma história triste em um mundo árido. O pouco que sobrou da humanidade, está longe de ser considerada "civilizada", é o verdadeiro e cruel "mundo cão".

Assim como Gus, não fazemos idéia de como esse "novo mundo" funciona, mas, aos poucos vamos descobrindo, baseado no que os dois encontram pelo caminho, e nas raras vezes que Jepperd fala algo.

Esse primeiro volume é bem bacana, mas peca por não por o leitor no "clima" da trama, já que rola tudo muito rápido... Mas, de qualquer forma é uma história que promete muitas supresas. Vale o download!!

No NCLinks estão as primeiras sete edições (y)

sexta-feira, 12 de março de 2010

Notícias Inúteis, Comentários Irrelevantes (#08)

 Freakavengers -> E a Marvel desenvolveu algum tipo de obessão por teaser's, agora é a vez de inundar os sites de quadrinhos com imagens mostrando os membros da "Avenger Academy", a revista que vai mostrar um grupo do noob's sendo treinados pra quem sabe um dia virem a se tornarem alguém na editora mais sem vergonha do mercado (mas todos sabemos que esse bando de pivetes morre na próxima "grande-saga-que-vai-definir-o-universo".

"Eu sei que meus poderes vão me matar... seu eu viver bastante"

"Eu não preciso de holofotes, eu sou meu próprio holofote"

 "Eu sou uma arma de destruição em massa."

"Qualquer coisa que você faz, eu faço melhor"

"Eu não deixo o passado me ferir" (ou algo assim)

"Não quero sua pena, quero o seu respeito"

Acho que eu sou a única pessoa do mundo que tá esperando algo de bom dessa revista, mas é só por que eu gosto do trabalho do Christos Gage, por que essa trupe de mutuna tá bem esquisita... Tem um cara com mãos de lagarto!! Como isso pode ser considerado um superpoder ? (E o visu e a frase desse Striker é MUITO GAY).

Flash Forward -> Geoff Johns, o homem que faz tudo da DC, tá mandando ver com o rapidinho, acabou a mini-série que reintroduzia Barry Allen como Flash do universo DC, e já tá preparando pra lançar outra mini: "Secret Origins", pro mesmo personegam. Eu não canso nunca de ler essas histórias de origem, ainda mais se forem bem escritas e cheias de homenagens... Coisas que Geoff adora.

Esse é um poster falso, mas ficou muito foda.

Capitão América: A Novela -> Se fez mistério, se fez votação, se fez firula, e no final das contas tem gente dizendo que o papel do Capitão América vai acabar tocando pra um dos Jonas Brother's!! A treta ainda é só boato, mas, vocês sabem que nesse mundo maldito, a linha tênue entre o "disse-que-me-disse" e o real é bem tênue. Enquanto isso, no mundo real, a Warner tenta fechar um acordo com o Hugo Weaving (o Agente Smith de Matrix, e V, de V de Vingança) pra que ele interprete o vilão Caveira Vermelha. Eu já não sei mais o que esperar desse filme, mas acho que o caminho é esse mesmo, não ter expectativas, pra não acbar frustrado...

Segundo Sra.banned esses lencinhos foram moda no outono/inverno passado...

Call of Honor -> Há!! O dinheiro, o dinheiro!! O que ele não faz ? Consegue até dobrar o espaço tempo e trazer a franquia do Medal of Honor pros tempos atuais, tudo pra fazer os fãs da franquia do Call of Dutty - Modern Warfare. quebrarem o cofrinho. Eu apóio, já deu no saco ver filme e jogos sempre retratando a guerra do Vietnã e a Segunda Guerra Mundial, isso é tão... Anos 80. Somos estúpidos o suficiente pra criar nossas próprias guerras, vamos tirar algum proveito disso!


Sam Worthington em todas -> Hollywood não tem muita imaginação pra atores, querem Megan Fox em todos os papéis pra nerds babões, e agora querem o Sam Worthington (da Avatar, porra!!) pra qualquer coisa. ele talvez encarne o personagem Dan Dare, um herói de novelinhas pulp's espaciais tipo Flash Gordon e Adan Strange. Nunca li nada do Dan Dare, mas o Garth Ennis escreveu uns arcos pra a hq dele, então, deve ter algo de aproveitável.

Troféu "Who Cares?" -> Steven Spielberg pode vir a dirigir um filme sobre um mundo pós rebelião de máquinas... SUPER criativo da parte dele. O roteiro é baseado num livro que ainda nem saiu, chamado "Robopocalypse" (putz), misteriosamente, o adaptação do roteiro, JÁ está pronta e só esperando o diretor com barba de pedófilo. Quem se importa ? Eu com certeza não.

Mais Remakes e Mais Reboots -> Eu ri muito dessa: A idéia agora é um prequel pra franquia do Planeta dos Macacos, mostrando uma ambientação ainda não explorada: o declínio da raça humana e a supremacia dos símios... Ok, ok, por mais que adore ver macacos, de qualquer tamanho e formato e/ou nível intelectual... PORRA, um filme onde macacos inteligentes fazem os humanos de escravos ?? UAHAUHAUAH Mostrar isso de uma forma convinvente vai ser muito, muito difícil, e o mais provável é nem conssigam...


Responda: o que Josh Brolin, Sasha Baron Cohen e Jemaine  Clement (quem?) tem em comum ? Fácil. Todos estão cotados pra participar de MIB 3. Não se falou nada mais, sem roteiro pronto ou qualquer coisa assim. Tá esse é difícil de acreditar que saia. Aquela participação do Michel Jackson no MIB 2 amaldiçoou a franquia.


A DreamWorks tá toda molhadinha pra dar uma roupagem novinha pro crássico "A Hora do Espanto"... Muita gente adora, eu nunca achei muita graça. O mais provável é que fique politicamente correto de mais, ou façam uma firula pra abocanhar o público do Crepúsculo...


E ficamos por aqui, porque SÓ PRA VARIAR eu tô atrasado pra sair... 


PS: Um abraço pros programadores do blogger que fazem as letras mudarem de tamanho aleatóriamente e as imagens dando bug's... Boa campeões (y)

quarta-feira, 10 de março de 2010

Superman Wins!!



Chupa meu pau Diane Nelson!! Depois de "desmentido" o "boato" de que Christopher Nolan não estaria envolvido no filme do homem  de aço, o cara ve a público dizer que é tudo verdade e já tem um roteiro modáfãquer pra treta!!

Esses executivos engravatados e cheios de estratégias nunca me engaram!! Vai lá Nolan, bota pra foder!!

A única coisa que me incomodou um pouco, foi que o filme seguirá os padrões da Warner, sem nenhuma ligação com nenhuma outra franquia "super-heroística", o que complica ainda mais a futura existência de um filme da Liga... Mas isso é coisa pra outra hora, agora é ir pra casa da Sra.Banned comer bolo para comemorar.

Nolan também disse que deixou umas pitas sobre o vilão do Batman 3, nas tramas dos primeiros dois filmes... E que depois desse filme, vai parar com o morcego, mas isso a gente já sabia...

(Simple) Red

Umas semanas atrás, Warren Ellis twittou (aquele bêbado passa o dia todo no twitter) que teria gente foda de Hollywood trabalhando na adaptação da hq Red. Vamos ter Bruce Willis (o cara com quem meu pai parecia), Morgan Freeman (não perde uma esse negão!!), e a ainda comível Helen Mirren.

E como vocês já podem ter notado, esse é um post sobre a tal mini (que eu nem sabia que existia).


Red tem uma trama que reflete seu nome, é algo rápido; simples. Temos um cara chamado Paul Amos, o maior assassino que já existiu, que curtia sua aposentadoria da CIA, até o dia que alguém decidiu que ele sabia de mais e tentou apaga-lo. É aí que o cara começa sua rápida e brutal jornada para encontrar os responsáveis por sua dor de cabeça, e óbviamente, encher eles de bala.

A revista é muito foda, com um número mínimo de páginas (66, ou seja, três edições no padrão americano) temos uma ótima definição dos personagens e MUITA ação, nunca caindo em clichês... A narrativa te leva num ritmo, que em 15 minutos você deve ter acabado de ler tudo.

Um ponto que conta muito à favor da históra, é o estilo do desenhista Cully Hamner (da fase atual do Besouro Azul), que pende entre o uma coisa meio "desnho animado" e algo um pouco mais sombrio (principalmente em Red, que não tem as viadagens superheróicas das histórias do Besouro)...

Então, é isso, nada mais: esperamos notícias do maldito filme.

Pa baixar a hq, é só chegar no NClinks.

sábado, 6 de março de 2010

Notícias Inúteis, Comentários Irrelevantes (#07)



Ow, caramba... essa porra de post vai ser grande pra caralho... A verdade é que tô ficando viciado em escrever essa "coluna". Então, vambora!!


                                                  "Oque que um homem não faz por uma xoxota..."
                                                                           
Splatterhouse, uma casa nojenta -> Carniçaria!! Brutalidade!! Sangria desatada!! Eeeeh!! Tudo que essa juventude punhetera gosta!! Na histórinha mais óbvia impossível, o cara tem que recuperar a mina dele, e pra isso tem que estraçalhar uma pá de monstrãodo inferno... Notem que o protagonista é uma mistura doentia de Jason Voohes com Bad Boy... E os monstros parecem iguais aos hunter's do Prototype, que por sua veze eram chupinhados do licker's do Resident Evil. Opinião final: Foda-se, jogo tem que ser massa véio mesmo.
                                                                                                                                                      
                                                                                                                                                        
 
 "Porra, não conheço vocês de algum lugar?"                                                   

                                                                                                                                                

                                Ô perversão! Uma pá de gente fantasiada acariciando o presunto misterioso...       

                                                                                
Depois do Reinado Sombrio, Mais Sombras > Depois de aporrinhar os marvetes com um milhão de "sombras" de quem seriam os membros dos Vingadores (não entendeu? Olha ali no MDM), a Marvel ataca de novo, agora com o teaser misterioso mostrando apenas a silhueta do personagem que vai morrer e encerrar os eventos de "Reino Sombrio". Eu acho que é o Sentry, mas não entendo porra nenhuma de Marvel, é um tiro no escuro mesmo... A verdade é que tanto faz!! No final o tal defunto vai voltar mesmo!!

Eu Já Sabia -> E os produtores do filme do Lanterna Verde mostraram que são uns merdões sem personalidade, mas com muita vontade de ganhar dinhero: foi decidido que a treta toda vai ser filmada em 3D... Boa Champ's!! Hollywwod é assim, te beija num dia, te passa gonorréia no outro...

Smallville, Ano 10 -> Foi confirmada a décima temporada da maldita série... Cada vez fica mais ridículo esse troço, a história parece que não fode nem sai de cima... Em DEZ ANOS o Superman ainda NÃO é o Superman e não encontro a porra do Batimá, não formou a Liga e não porro o Starro ? Que isso!! Acho que o Clark só vai ser mesmo o Super, quando eu entrar pra faculdade (HAHA!!)... Desculpa aí, esse "Superboy" eterno eu não engulo...

Troféu "Who Cares?" -> Essa semana, temos uma premiação dupla!! Vejam que magnífico; liguei o pc hoje de manhã e fui cavucar nos sites de sempre, pra ver se encontrava alguma notícia bacana e tal, me deparei com isso: As primeiras quatro edições de Young Blood, do "jeniau" Rob Liefel estão avenda pelo iPhone... Não preciso dizer mais nada, né ? Eles não se cansam de disseminar essas porras... Da Saga do Incal nimguém faz propaganda, porra!!

A outra grande pérola da desinportância, é o lançamento do mini-mate da pesonagem "Witch of Black Rose", conhece essa personagem ? Pois é, eu infelizmente li umas três edições dessa PORCARIA terrível, e agora me pergunto: Que idiota compraria um boneco de lego bisonho de uma personagem cagada que nem essa bruxa refugo dos anos 90 ? Porra, que compra QUALQUER minimate que seja, tem mais é que se fuder!!
                                                  
                                                                    vá de reto coisa ruim!!

Indiana Jones e as Franquias Esquecidas -> Pois o Harrison Ford tá todo assanhado pra pegar seu chapéu, sua jaqueta puida e fazer papel de otário de novo nos cinemas, com mais uma sequencia caça-níquel e desnecessária do que um dia foi uma franquia quase boa. Ah, e tudo isso com a presença "maravilhosa" do jovem retardado mais cobiçado pelos pedófilos de Hollywood, Shia Labeouf... (O sono faz coisas terríveis comigo). Agora, na boa mesmo, o velho podia aquietar o chicote, né ? Indiana Jones é uma franquia bem bacana, com um último filme bem duvidoso, não precisava mais um. (digo o mesmo pro Bruce Willis com seu "Duro de Matar 5", e o Stallone com o novo Rambo).

Falando no Indi, acho que contrataram algum paleontólogo pra escavar nos arquivos das produtoras americanas, por que só isso explica os novos rumores de remakes e reboots, que incluem velharias como "Loucademia de Poícia", e dois clássicões adaptados de obras do Stephen "The King", Pet Sematary e IT. Pow, caguei muito pros outros, mas, até que seria interessante ver uma adaptação séira e moderna pra "A obra prima do terror", com o palhaço-aranha-alien Pennywise tocando o horror nos nerdzinhos.


PS: Antes de mais nada, pesso desculpas por esse post, por que do jeito que utô com sono, eu não vou me surpreender se eu voltar aqui segunda-feira (fim de semana eu reservo pra Sra.Banned) e descobrir que absolutamente nada que escrevi faz sequer o mais vago sentido. Erro de digitação e concordância deve ter as pencas... Mas é isso aí, pra variar tô numa pressa fodida. Sorry buddies, arrumo tudo quando voltar.

PS:Eu tô dizendo que essa falta de sono tá fodendo com minha cabeça!! Tô agora na casa do puto do Skamozo (que não lêo blog, então posso falar mal) elembrei que não tinha postado aparte mais importante de tudo...A entrada do desenho do Loucademia de Polícia!! Viva os anos80...

sexta-feira, 5 de março de 2010

2001 Maníacos

Pois é, pois é. Fiquei meio sem tempo pro NC nessa semana, mas segue aí a resenha que fiz lá pro FCEP (y).




Reconhece esse velho com cara de doido ? Isso mesmo meu bom cracker, é ele, o insuperável Robert Englund, que interpretou o cláááássico Freddy Krueger nos primeiros oito filmes da série (caramba, é filme pra cacete, acho que nem o Doug Bradley, que interpretava o Pinhead de Hellraiser, supera essa).

MAS, voltemos ao filme... Na trama (mas clichê possível) um bando de universiotários sai pra tocar o puteiro nas férias de verão, mas ao invés de chegarem nas praias que tanto queriam, se perdem e acabam indo parar numa cidadezinha fodida chamada "Plasure Valley". Pleasure é uma cidade pra lá de bucólica, com seus 2001 habitantes, todos seguindo os mais óbvios clichês sulistas; como tá rolando um "grande" festival no lugar, e as vadias rednecks tão prontas pra liberar pros caras, eles ficam por lá mesmo... Mas o que eles não sabem (e agente já saca na hora que eles pisam no lugar) é que os caipiras são um bando de doido canibal que vai devorar  eles um por um.

Clichê ? Sim, pra cacete, mas em nenhum momento o filme tenta te dizer o contrário. Vulgar ? Sim, muito, peitinhos e piadas escrotas em quase toda cena. Nojento ? Oh, pode crer, tém desmebramento, esviceração, neguinho bebendo àcido e outras coisas de bom gosto. Divertido ? Oh, como o Inferno numasexta à noite!!

Não adianta, os melhors filmes de terror dos últimos tempos, são esses que não tentam pegar carona na fama de Jogos Mortais ou filmes asiaticos com espíritos (O Chamado, O Grito, etc,)...

Acabei de ficar sabendo que 2001 Maníacos é um remake de um filme de 64!! Com certeza vou resenhar sobre esta pérola também.


Taí os links do filme, e mais uma vez NÃO encontrei links válidos em um arquivo só...



PS:A parte mais engraçada do filme é a microparticipação do arroz-de-filme Eli Roth, que atacou mais uma vez com o skatista maconheiro e seu cão furioso, Mr. Mambles (que aparecem também na primeiro filme dirigido pelo cara, "Cabana do Inferno"). Além de ter dirigido o bacanudo "O Albergue", Roth atuou em Bastardos Inglórios como o INCRÍVEL "Bear Jew"... Então pra fechar com chave de ouro o post, a cena que eu não canso de ver...